Posts

seguro-saúde-710x270 Coisas para saber sobre seguro saúde

Coisas para saber sobre seguro saúde

Atualmente, mais de um terço das pessoas optam por pagar algum tipo de serviço de apoio medico, seja ele um plano ou um seguro. Sim, os planos de saúde não são os únicos tipos de assistencialismo. Por este motivo, listaremos algumas coisas que você deveria saber sobre seguro saúde.

Entre estes tópicos estará a exclusividade dos seguros de saúde para pessoas jurídicas. Sim, os planos de saúde costumam disputar neste quesito com os seguros. Além disto os seguros costumam se destacar em alguns outros aspectos. Cujos iremos destacar com o decorrer da lista.

Além disto, nesta lista de coisas que você deveria saber sobre seguro saúde, estará coisas como o reembolso exclusivo dos seguros. Entre várias outras peculiaridades deste assistencialismo que está se provando cada vez mais necessário para as empresas.

20 coisas que você deveria saber sobre seguro saúde

Apesar de ser um assistencialismo privado, seguro saúde e planos de saúde estão se tornando cada vez mais procurados. E o fato de que o sistema único de saúde brasileiro seja extremamente ineficiente ajudou o avanço dos mesmos.

Definição

Apesar de diferir em alguns pontos dos planos de saúde, o seguro saúde continua tendo a mesma premissa. Ou seja, um tipo de assistência medica provida de uma empresa privada. Cujos benefícios são obtidos através de um contrato de acordo com as necessidades e preferências do cliente.

Liberdade

Uma das diferenças é a liberdade que o seguro saúde oferece aos seus contratantes. Nestes casos os clientes podem optar livremente, se desejam dispor de médicos referenciados ou não. Ou seja, o cliente sempre pode escolher a quais profissionais ele vai confiar.

E ao contrario dos planos, o seguro saúde costuma facilitar os reembolsos aos clientes. Assim caso o cliente optar por escolher um profissional desvinculado ao seguro, ele poderá facilmente obter seu reembolso.

O que é reembolso?

Embora, os planos de saúde sejam extremamente rígidos quanto ao reembolso, o seguro saúde costuma facilitar bastante este recurso. Assim como já foi explicado no tópico anterior, nos casos específicos do contrato, o cliente poderá facilmente obter seu reembolso.

Digamos que João contratou um seguro saúde, mas ele procurou com um profissional desvinculado ao determinado serviço. Em um plano, a empresa iria ser muito restritiva, e em vários casos ela não iria ressarcir o cliente.

Mas com a liberdade fornecida pelo seguro saúde, as empresas responsáveis costumam facilitar esse processo.

Quem pode contratar?

O seguro saúde é voltado principalmente e exclusivamente para pessoas jurídicas, ou seja, pessoas físicas não conseguem contratar um seguro saúde.

Além disto, as empresas necessitam de no mínimo três partes para poder contratar este um seguro saúde. E mesmo que as empresas sejam pequenas, médias, ou grandes, todas elas podem contratar o serviço.

Custos maiores?

Outras das “dificuldades” que o seguro saúde possui é os custos maiores. Isso ocorre frequentemente, afinal as vantagens como a liberdade do cliente e a facilidade do reembolso possuem seus custos.

Por que contratar?

Assim como um plano de saúde, o seguro saúde é essencial para pessoas que não confiam no sistema público de saúde. Assim, a necessidade de contratar estes serviços convém com os diferentes tipos de pessoas.

Então todas concordam que não dá para confiar no sistema público, onde muitas vezes os atendimentos são precários. Assim, com um seguro saúde, você tem uma ajuda quando necessitar utilizar algum processo médico-hospitalar.

Abrangência

Dependendo das empresas contratadas, ao nível de abrangência do seguro saúde pode variar de um nível municipal até um nível nacional. Com isso, quanto mais a abrangência, maior a cadeia de instalações e profissionais conveniados com o seguro saúde.

Fazendo com que o cliente tenha uma cartela muito maior de escolhas dentro dos profissionais referenciados. No entanto, os custos do seguro saúde também irão aumentar.

Quem pode utilizar?

Esta parece ser uma pergunta óbvia, mas podemos dizer que é vital saber esta resposta. Pois em muitos contratos possuem clausulas especificas para regulamentar os indivíduos que podem usufruir dos benefícios de algum seguro saúde.

Assim, os que podem utilizar o seguro saúde, também podem ser delimitados pelas cláusulas do contrato. Mas normalmente, o titular do seguro saúde e algumas pessoas dependentes do titular também podem usufruir do serviço.

Carência

Carência é o tempo que você terá que esperar para usufruir de serviços por meio do seguro saúde. Isto é, uma carência irá depender do determinado procedimento escolhido. Esse é outra informação importante que precisa de atenção. Ela sempre irá constar em seu contrato de seguro saúde.

Segmentação Assistencial

Assim como são variadas, existem algumas classes especificas de cobertura dos planos e seguro saúde. Assim, existe também a necessidade de atenção ao tipo de cobertura assistencial que atenda às necessidades do contratante.

 

Exemplos de segmentação assistencial

A segmentação do seguro saúde é exatamente a composição das coberturas descritas. Assim o seguro saúde pode ser:

  • Ambulatorial
  • Hospitalar sem obstetrícia
  • Hospitalar com obstetrícia
  • Exclusivamente Odontológico
  • Referência
  • Ambulatorial + Odontológico
  • Ambulatorial + Hospitalar sem obstetrícia
  • Ambulatorial + Hospitalar com obstetrícia
  • Hospitalar com obstetrícia + Odontológico
  • Hospitalar sem obstetrícia + Odontológico
  • Ambulatorial + Hospitalar sem obstetrícia + Odontológico
  • Ambulatorial + Hospitalar com obstetrícia + Odontológico

Cada uma dessas segmentações possui uma lista de procedimentos com cobertura obrigatória. As mesmas são descritas no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde editado pela ANS e revisado a cada dois anos.

img_493166 Coisas para saber sobre seguro saúde

O que é uma Cobertura Ambulatorial?

Essa cobertura garante serviços de saúde que abrange consultas médicas em clínicas ou consultórios, exames, tratamentos e outros procedimentos ambulatoriais. Os atendimentos de emergência neste tipo de cobertura estão limitados até as primeiras 12 horas do atendimento.

O que é uma Cobertura Hospitalar sem Obstetrícia?

Esta cobertura, de planos e seguro saúde assegura a prestação de serviços em regime de internação hospitalar, com exceção da observação e atenção relacionados ao parto.

No entanto, quando o atendimento de emergência for realizado durante o período de carência, deverá abranger cobertura igual àquela fixada seguro de saúde do segmento ambulatorial.

O que é uma Cobertura Hospitalar com Obstetrícia?

Além do regime de internação hospitalar, também está incluída a atenção ao parto. Além de uma assistência ao filho recém-nascido natural ou adotivo do contratante, ou de seu dependente, durante os primeiros 30 dias após o parto.

No entanto, a mesma regra da anterior se aplica novamente. Pois no caso de haver a necessidade de utilização da cobertura durante o período de carência, a operadora deverá seguir as diretrizes iguais as da cobertura ambulatorial.

O que é uma Cobertura dos planos da segmentação Referência?

O plano Referência abrange a assistência médico-ambulatorial e hospitalar com obstetrícia e acomodação em enfermaria. Assim, podemos generalizar, e considerar um seguro de saúde conjunto.

O que é uma Cobertura Exclusivamente Odontológica?

Este por sua vez, é uma cobertura que garante a assistência odontológica, abrangendo consultas, exames, atendimentos de urgência e emergência odontológicos.

Assim como exames auxiliares ou complementares, tratamentos e demais procedimentos realizados em ambiente ambulatorial solicitados pelo cirurgião-dentista assistente.

Tendo como finalidade, complementar o diagnóstico do paciente que estejam determinados no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde.

O que é o ROL de procedimentos e Eventos em Saúde?

Isto é a lista dos procedimentos, exames e tratamentos da cobertura mínima obrigatória para os planos e seguro saúde. Essa cobertura mínima obrigatória é válida para planos de saúde contratados a partir de 1º de janeiro de 1999 e é revista a cada dois anos.

Cancelamento do seguro saúde

O cliente sempre terá a liberdade para cancelar o seguro saúde sempre que desejar. Desde que não tenha infligido nenhuma clausula do contrato assinado. Porém se comprar outro seguro saúde, em menos de dois anos, você precisará cumprir novamente o período de carência.

Já a empresa só poderá cancelar o contrato em caso de fraude ou de não pagamento da mensalidade por dois meses, consecutivos ou não.

Como consultar informações de empresas?

Ao se deparar com alguma empresa que queira lhe vender algum tipo de seguro saúde, é sempre bom verificar o histórico dela. Para isso a ANS, possui uma base de dados de todas as empresas registradas.

Com isto, basta apenas fornecer algumas informações de registros. Assim você logo saberá todas as informações necessárias e existentes sobre tal empresa.

O que é a ANS?

ANS ou Agência Nacional de Saúde Suplementar é a agência reguladora vinculada ao Ministério da Saúde responsável pelo setor de planos de saúde e seguro de saúde no Brasil. Ela é que coordena e regula os assuntos relacionados a este tema.

Seu site é aberto ao público e pode ser acessado pelo link: http://www.ans.gov.br/ . Lá são encontrados vários tipos de materiais e uma lista de consulta de todas as empresas que fornecem esse segmento de serviços.

Escolha certo

Apesar de existir mais de 70.000 empresas que fornecem o seguro saúde, nem todos são iguais. A variedade é enorme, e com ela vem as varias diferenças entre os contratos.

Assim, o melhor jeito para escolher um seguro saúde é estudar o contrato e escolher o que melhor se encaixa com seu perfil e sua condição financeira.

Coisas para saber sobre seguro saúde
5 (100%) 1 vote